telefone

Veja por que vale a pena criar um site com Tableless

Afinal de contas? Vale mesmo a pena aprender a desenvolver sites de acordo com os padrões webstandars? SIM.

Aí você se pergunta. Mas um site que crio no dreamweaver em tabelas demoro 3 horas para fazer, em tableless demoro 9 horas. Qual a vantagem?

A única vantagem que existe em desenvolver site sem tabelas é a rapidez que você cria o site, por que em matéria de atualizar esse site, mudar fontes, alterar cores;etc. O tempo que você não perdeu criando em Tableless você vai perder para fazer todas as alterações necessárias. Sem contar que cada alteração que você fizer terá que atualizar todas as páginas, isso dependendo da alteração a ser feita. Vamos supor que o cliente não goste da fonte que você usou em um botão e peça para você substituir de Arial para Verdana. Não teria problemas se o site tivesse 5 ou 6 páginas, mas vamos supor que o site tem 200 páginas. Já imaginou alterar página por página? O trabalho que você teria por causa de uma fonte que o cliente não gostou?

Já com Tableless você tem a opção de padronizar todo seu site e você muda apenas uma linha na folha de estilos que todas as páginas do seu site automaticamente mudam também. Em questão de segundos. E pensar que perdíamos dias alterando isso em tabelas.

Já com CSS a história muda de figura. Mas neste artigo vamos colocar na ponta do lápis todas as vantagens e desvantagens de criamos sites em padrões web, ou de acordo com a W3C.

Que vantagens tenho em usar Div?

Seu site vai ficar acessível.

Acessibilidade é um tema muito importante no processo de desenvolvimento de um site, pois se um site for lindo mas não for acessível a todos não terá nenhuma utilidade. Um site acessível é um site que será exibido em todos os navegadores em qualquer tipo de dispositivo (celulares, tablets, ipods, etc).

Quando falamos de acessibilidade nos referimos também a pessoas com deficiência visual que navegam pela internet utilizando um programa que faz a leitura das páginas. Esses programas funcionam muito melhor se o site estiver mais padronizado, ou seja, na estrutura HTML somente o código(conteúdo) e no css somente as formatações do site. Com o código limpo o programa de leitura entende 100% do código e passa a informação correta ao usuário.

Seu site vai ser muito mais fácil de atualizar.

Como já discutimos no inicio do artigo com CSS você tem controle total do site pelas folhas de estilo, onde você altera uma linha de código e muda todas as páginas do site automaticamente e com praticamente zero esforço.

Outro ponto positivo é que seu código ficará limpo e com código limpo fica muito mais fácil achar determinada div ou determinada área do site que você deseje realizar as modificações.

Suas páginas carregarão muito mais rápido.

Devido ao código HTML estar todo separado da formatação do site as páginas carregarão rapidamente. Outra vantagem de separar o código da parte de formatação é que os arquivos CSS ficam armazenados no cachê dos navegadores, dessa forma não há necessidade de carregar toda a formatação de novo caso o usuário volte ao site. Somente o que será carregado será o código HTML.

Para que vocês tenham uma noção que tamanho dos arquivos, uma pagina HTML com toda formatação na própria estrutura HTML tem aproximadamente 30kb. Uma página com código limpo com um link para um arquivo CSS tem cerca de 5kb. A diferença também é vista no custo de hospedagem do usuário que caso ele pague por Kb usados terá uma economia imensa.

Suas posições nos mecanismos de buscas serão melhores.

Como já expliquei também em artigos anteriores ter um site padronizado e com código limpo facilita o trabalho de indexação de informações pelos mecanismos de busca,pois um código semanticamente correto e sem nenhum erro é rapidamente indexado pelos motores de busca e automaticamente melhor classificado,pois o próprio Google já deixou bem claro que prefere sites padronizados de acordo com as normas Webstandards.

Que desvantagens tenho em usar Div?

Os sites desenvolvidos em Tableless tem problemas de comportamento em alguns navegadores. Um navegador famoso por causar grandes problemas e retrabalhos é nosso querido IE6 ou Internet Explorer 6. Esse navegador desde os primórdios de evolução dos padrões web tem problemas de compatibilidade com o CSS.

O IE6 é um navegador padrão que já vem instalado na maioria das máquinas com Windows. Assim que o usuário liga a máquina e conecta na internet o próprio Windows já pede para que manualmente o usuário atualize seu navegador para o Internet Explorer 7, mas infelizmente a maioria dos usuários mal sabem mexer no Windows e tem outra, morrem de medo de autorizar downloads que não fazem a menor idéia do que possa acontecer. Se veio com um navegador, pra que trocar?? Esse é o pensamento de 60% dos usuários.

Por esse motivo infelizmente temos que adaptar nossos sites para esse navegador, resumidamente temos duas alternativas para contornar esse tipo de problema:

A primeira alternativa é, desde o inicio do projeto, ir testando seu projeto em no mínimo dois navegadores diferentes, por exemplo, Firefox e Opera. Em paralelo instalar o programa IE TESTER que mostra como o site ficaria no IE6 e até em outras versões do IE. Esse programa é gratuito e eu recomendo seu uso em todos seus projetos de desenvolvimento de sites.

A segunda alternativa é mais trabalhosa e não sou adepto a ela, mas deixo aqui todas as alternativas possíveis. Você deve criar dois arquivos de folha de estilo sendo que um deles será somente para o IE6. O ruim é o retrabalho que você tem de criar dois arquivos CSS e sempre que for realizar alterações no site você terá que mexer nas duas folhas de estilo.

Data de Publicação: 14/04/2014