telefone

SEO em 2014: O Futuro de SEO e Otimização de Sites

O ramo de marketing de busca, ou SEO (search engine optimization) já não nenhuma novidade para a grande maioria das empresas em todo mundo. Nos últimos cinco anos a forma de se fazer marketing para algum produto ou serviço mudou da água para o vinho e digamos que muitas técnicas de marketing que durante séculos funcionaram, hoje em dia se tornaram totalmente inúteis e apenas sevem como base para entender a teoria, mas na prática tudo mudou.

A principal mudança dentro da revolução do marketing foi à facilidade e agilidade para se encontrar e comprar um produto ou serviço em segundos. Esse milagre se deu graças a criação dos search engines, ou mecanismos de busca. Dentre os principais utilizados em todo mundo está o Google, Bing e Baidu, mas o Google tem uma parcela de 80% das pesquisas realizadas em todo mundo.

SEO mudou muito nos últimos anos…

Junto com essa evolução na forma de se vender e comprar algum produto ou serviço surgiu SEO ou otimização de sites. SEO nada mais são do que técnicas realizadas dentro e fora de um site para melhorar a visibilidade nos mecanismos de busca e aumentar assim o tráfego e as taxas de conversão para determinadas palavras-chaves.

O grande problema é que SEO se torna cada vez mais complexo e difícil de ser feito, cabendo aos profissionais da área estar sempre atualizados e tentar acompanhar ao máximo as últimas exigências e novos critérios de classificação dentro dos mecanismos de busca. Outro grande problema é que os cursos de SEO, tanto pagos como gratuitos estão obsoletos, pois algumas técnicas que funcionavam há cinco anos não funcionam mais e continuam sendo ensinadas em diversos tutoriais e em outros conteúdos encontrados na internet.

Os cursos de hoje em dia focam sempre a mesma coisa (URL amigável, título da página, atributos ALT e TITLE. etc), porém esses recursos passaram a ser apenas 20% de um bom projeto de otimização de sites. Não existe mais mágica ou uma fórmula secreta para estar na primeira página do Google, o que existe é a criatividade e qualidade de um site perante os mecanismos de busca e aos usuários que procuram algo na internet.

Pagerank ainda conta? E o Link Building?

Backlinks? Link Building? Em partes. Em partes por que o Google não está mais valorizando tanto o fator PageRank em seus critérios de classificação. Isso devido ao abuso de SPAM que ainda nos dias de hoje atrapalham e muito na classificação e escolha de um melhor conteúdo na análise dos robôs de busca. Atrapalham por que às vezes um site pode não ter conteúdo nenhum e servir somente para divulgação de anúncios de outros sites e estar bem posicionado somente pelo fato de ter bons links apontando para ele, enquanto sites de conteúdo de qualidade ficam para trás nos resultados de classificação por não terem esses mesmos links.

Hoje em dia as técnicas de SEO ON PAGE são obrigatórias e não é mais vantagem para nenhum site. Já as técnicas deSEO OFF PAGE tiveram diversas mudanças para realmente classificar aquele conteúdo que merece estar bem posicionado, não pela quantidade de links ou PageRank, mas pela qualidade de seu conteúdo e de sites que referenciam esse conteúdo. Sites de qualidade não são mais sites de diretórios e artigos com alto PageRank. Não percam mais tempo cadastrando seu site em sites desse tipo. Por quê? Simples. Por que não é um back-link espontâneo, por que você mesmo o criou, então não tem validade para o Google.

Atualmente a única forma de estar bem posicionado é gerar um conteúdo de qualidade e tentar divulgar esse conteúdo no maior número de ferramentas possíveis, dentre elas podemos citar as redes sociais, sites de noticias, sites de publicidade e sites institucionais. O termo divulgar que estamos dizendo aqui não é somente mandar o link para a pessoa via e-mail e esperar que essa pessoa coloque seu conteúdo no site dela por livre e espontânea vontade, e sim além de enviar entrar em contato com essas empresas e conversar, podem até fazer uma troca de conteúdos de artigos que agreguem valor a ambos os sites, criar uma parceria entre as empresas para que todas se beneficiem com essa troca.

Esqueçam esses links onde você somente coloca uma palavra-chave com um link para pagina inicial do seu site. ISSO NÃO TEM MAIS UTILIDADE! Um link interessante e que passa relevância ao Google é aquele onde essa mesma palavra-chave se encontra dentro ou no meio de um conteúdo de texto de outro site, dessa forma complementando o assunto do artigo e referenciando seu site em um conteúdo relacionado ao seu. ESSE LINK SIM TEM IMPORTÂNCIA PARA O GOOGLE, pois passa credibilidade e relevância e importância para ambos os sites.

Outro fator importante é saber que criar links de outros sites dentro de seu conteúdo também ajuda por que você está referenciando outro site, e da mesma forma que você criou um link espontâneo para ele sem pedir nada em troca ele pode gostar e também criar um link para o seu site. Isso se chama dar para receber e essa regra é clara e válida.

Não crie conteúdos com a intenção única de gerar outros back-links ou somente com a intenção de melhorar o posicionamento de seu site, por que criando seu conteúdo com foco somente em links você acaba perdendo a ênfase e a real importância desse conteúdo, que é ser útil e agregar informação para o usuário. Crie seus artigos como se fossem somente para você, e tenha a certeza que se você gostar outras pessoas também irá, e essas pessoas vão criar um link para seu site automaticamente por que você criou um conteúdo bom, com foco na qualidade de informação que você quer passar ao usuário, e não com a intenção de gerar links.

SEO e Keywords

Recentemente, agora em Setembro de 2013 circularam na internet algumas informações dizendo que a ferramenta Google Analytics vai reduzir drasticamente a forma como site será em encontrado nos resultados de pesquisa, ou seja, o número de palavras-chave vai reduzir e a porcentagem do (NOT PROVIDED) irá aumentar. Isso dificulta e muito o trabalho de profissionais por que o controle de acesso ao site para determinadas palavras-chaves será muito menor.

O termo NOT PROVIDED, agrupa todas as visitas de tráfego orgânico cujos termos de pesquisa são desconhecidos.

Muitos Webmasters e profissionais de SEO não gostaram dessa iniciativa do Google, porém como todos tem conhecimento, o Google tem 95% de sua receita dos links patrocinados e aparentemente a intenção nessa redução de mostrar palavras-chaves é justamente priorizar o tráfego para a busca patrocinada, por que neles você tem acesso a todas as palavras-chaves que seu site foi encontrado, e detalhe… Nenhum NOT PROVIDED

A única forma mesmo de ter esse controle de como seu site está sendo encontrado é limpar o cachê de seu navegador, limpar todos os dados de privacidade e se possível, (se você utiliza o Google Chrome), utilize o MODO ANÔNIMO e não esteja logado na sua conta do Google.

Tente também testar em vários dispositivos diferentes, computadores, tablets, Smartfones…etc.

Essas técnicas ajudam bastante a ver o real posicionamento de um site para determinada palavra-chave.

A Importância dos Links Internos

Os links internos nada mais são do que referências de conteúdo de outras páginas desse mesmo site.

Esses links ajudam na navegação do usuário pelo site, pois mantém esse usuário mais tempo navegando. Isso por que você está dando a opção desse usuário ver outros conteúdos relacionados ao que ele esta lendo e a tendência é ele clicar nesse link e ver outro conteúdo de seu site, caso ele ache necessário.

Porém os links internos tem outra utilidade que muitos profissionais que trabalham com SEO e Otimização de sites não valorizam. A criação desses links internos ajuda e muito o trabalho do robô de busca, pois ele acha praticamente todas as páginas do seu site sem maiores problemas, pois você criou várias “MIGALHAS…” para que ele achasse essas páginas.

Muitos profissionais de SEO se preocupam tanto com a geração de back-links externos que se esquecem do mais importante, o conteúdo e a estrutura de links internos que esse site pode proporcionar ao usuário e ao robô de busca. ISSO É IMPORTANTE.

O tão famoso PageRank não começa fora e sim dentro do seu site. Por quê? Como vocês querem que o Google valorize seus links se nem dentro do seu site você cria um link para eles? Isso tem muita lógica e existem profissionais muito bons que acabam se esquecendo ou não valorizando esse pequeno detalhe, que lá na frente do projeto com certeza fará falta.

SEO continua sendo importante?

Sim. Para muitas pessoas SEO morreu ou não tem mais importância em uma estratégia de marketing, porém SEO não morreu, ele se tornou o que o Google sempre quis. Limpo, justo e com foco no conteúdo de qualidade e principalmente com foco no usuário.

Hoje em dia SEO está chegando à sua maturidade e ao mesmo tempo eliminando SPAMMERS que tem a única intenção de manipular os critérios de busca para obterem melhores posicionamentos.

Data de Publicação: 14/04/2014