Google e Links rel="nofollow"
telefone

Links rel=”nofollow” estão aparecendo no Webmasters Tool

Todos os webmasters ou profissionais que trabalham com marketing de busca e otimização de sites se preocupam e muito com os chamados links rel=”nofollow”,isso por que como todos sabem, links nofollow são back-links que não transferem nenhum PageRank e não melhoram em nada o posicionamento do seu site nos mecanismos de busca.

Para quem não sabe o nofollow é um atributo utilizado dentro de um link em uma página htmlL. Esse atributo passa a mensagem ao robô de busca que enxerga esse link que não deve passar PageRank ou link juice para o site que estiver sendo referenciado pelo link. Em um português mais claro, é quando um site quer apontar ou referenciar um outro site mas não quer passar créditos de referência para esse outro site, é como se esse atributo dissesse ao robô de busca que esse link não é confiável e você não deve ir para esse outro site a partir desse link.

Essa regra é válida somente aos robôs de busca, se qualquer pessoa que ver um link de outro site e clicar, com certeza será redirecionada para esse outro site. O atributo Nofollow somente tem validade para os robôs de busca.

SEO e atributo rel=”nofollow”

A importância básica dessa tag para os profissionais que trabalham com otimização de sites é crucial e digamos que a mais importante de todo projeto SEO dentro de um site, pois como já explicamos em outros artigos os links e o texto-âncora que esses links referenciam um site tem um peso enorme na classificação nos resultados de busca. Sem links, ou referências de qualidade é praticamente impossível um site ter bom posicionamento no Google, Bing outros search engines.

A função básica de uma empresa SEO ou profissional que trabalha no ramo de marketing digital é encontrar esses links e gerar esse back-link da melhor forma possível para ajudar no projeto da otimização. Porém, essa não é a política correta que o Google espera desses profissionais, por que o Google gosta e espera links esporádicos e espontâneos por parte de outros sites, e não que o profissional de SEO crie ou gere esses links por conta própria. Isso na visão do Google é errado e pode causar penalidades por parte do mecanismo de busca.

Temos um artigo que fala sobre essa psicologia de back-links que explica de forma sincera e grossa essa divergência entre gerar backlinks de qualidade e receber esses links. Vale a pena entender.

Enfim, back-links nofollow é o principal inimigo dos profissionais de SEO que precisam pesquisar mais e mais para encontrarem lugar para gerar seus links. SEO back-links são necessários por parte do programador ou profissional, mas o correto é somente de início gerar esses links. Após isso, se o conteúdo for de qualidade automaticamente ele irá gerar outros links de qualidade.

Google e rel=”nofollow”

O Google já deixou bem claro que não segue links nofollow. Isso significa que não se transfere PageRank ou textos-âncora desses links. Ele simplesmente descarta esse link e continua a indexação de outros links dentro da página.

Dentre todos os casos específicos do uso do nofollow os principais são quando o conteúdo não é confiável pra ser repassado ao usuário, para impedir que links pagos influenciem nos resultados de pesquisa, e direcionar o Googlebot a indexar somente as páginas que você julga importantes dentro do seu site. Por exemplo, a página de contato quase nunca é indexada, pois não existe conteúdo de qualidade e motivo para essa página ser apresentada no índice do Google.

Resumidamente é assim que devemos utilizar o rel=”nofollow”, mas sem exagero, pois da mesma forma que queremos links de outros sites devemos também ceder esses links. É uma troca de favores que quase sempre benéfico a ambos os sites.

Segue um vídeo feito por Matt Cutts que fala sobre como Google lida com esses back-links.

Webmasters Tools mostrando links Nofollow

Fazendo uma análise dentro dos links de entrada de outros sites para o nosso site da BEST SEO, percebemos que alguns links que possuem o atributo rel=”nofollow” estão aparecendo na relação de links que apontam para o nosso site. Isso deixou certa dúvida e até um pouco de curiosidade, pois os únicos links que aparecem no webmasters toolssão os links dofollow, ou seja links que passam PageRank, sendo que os links nofollow não deveriam aparecer, pois os mesmos não passam referência alguma.

Fizemos esse teste em 3 sites que temos back-links e testamos em três ferramentas para termos certeza que os links realmente eram rel=”nofollow”.

Utilizamos as extensões do Google Chrome : NOFOLLOW SIMPLE, NOFOLLOW e SEOQUAKE. Segue o link para a página direta das download das três extensões.

Todas elas nos certificaram que os links realmente eram nofollow.

Um dos sites que fizemos esse teste e deu certo foi o listona.com. Façam o teste!

Agora vem nossa pergunta. Por que esses links estão aparecendo no Webmasters Tools?

Será que esses links estão passando PageRank? Será que é uma falha dento do Webmasters Tools?

Ou será que o Google está deixando de levar em conta alguns links com atributo rel=”nofollow”?

Fica a dica. Façam o teste, pois essa é uma ótima oportunidade para os profissionais de SEO que vivem lutando contra os links Nofollow.

Data de Publicação: 14/04/2014