SEO(Otimização de Sites) ou SEM(Links Patrocinados)?
telefone

Investir SEO, SEM ou os dois juntos?

Muito se especula sobre o que vale mais a pena investir nos dias hoje, algumas pessoas são fieis aos links patrocinados e acham que investir em SEO ( Otimização de sites), é pura perda de tempo ou não querem esperar meses para o investimento em SEO dar os merecidos resultados.

Uma coisa é fato: Nenhuma empresa quer esperar para ter retorno sobre qualquer investimento nos dias de hoje.

Tendo esse cenário empresarial fica complicado saber o que a empresa realmente precisa por que, de um lado a empresa acha que está gastando muito com links patrocinados e de outro não quer esperar de 12 a 24 meses para ver seu site na primeira página pela busca orgânica (SEO).

Para explicarmos essa situação vamos primeiramente nos atentar aos números de acessos a busca orgânica (SEO) e aos acessos a busca paga (links patrocinados). De acordo com estudo realizado pela Sling Shot SEO em 2013, 47.68% clicam na busca patrocinada (Google Adwords), e ou outros 52.32% clicam na busca orgânica(SEO).

Tendo em vista esses números podemos ver claramente que ambas as formas de tráfego são viáveis, tanto SEM (links patrocinados) como SEO (Otimização de sites). Agora vamos ao ponto lógico da coisa, se a empresa investir em links patrocinados ela está aparecendo no Google enquanto estiver pagando para o Google, caso ela suspenda os pagamentos automaticamente o site dessa pessoa não aparece mais em nenhum lugar do Google.

Agora vamos ver o outro lado da moeda, se a empresa investe em SEO ela tem que esperar alguns meses para que o investimento comece a render os frutos desejados e aos poucos a empresa vai ganhando posicionamento nas buscas, porém se essa pessoa interromper o investimento no projeto de otimização depois de uns meses ela ainda sim tem grandes possibilidades de aparecer nos resultados de pesquisa e receber cliques pela busca orgânica, não nas primeiras páginas, mas na segunda ou terceira ou as vezes até na primeira, tudo vai depender da qualidade da otimização realizada no site e o assunto pesquisado pelo usuário.

A vantagem de investir em SEO é que o site ainda aparece nos resultados de pesquisa mesmo depois de ter interrompido o investimento no projeto, já com os links patrocinados não existe essa possibilidade a não ser que você volte a colocar créditos na sua conta.

Em relação à parte financeira de investimento depende muito, mas normalmente o mesmo valor gasto em cima dos links patrocinados (uma média de R$ 50 por dia), é o que sua empresa irá gastar com o investimento em SEO mensalmente, mas tudo depende do investimento em cima dos links patrocinados em relação ao estudo de viabilidade em cima do projeto para a busca orgânica, mas os valores não fogem muito desse patamar.

Diante de todos esses fatos, o que fazer?

A estratégia é simples e lógica. Por que não investir em SEO e SEM ao mesmo tempo? Mas com uma grande diferença na estratégia.

Como vocês já sabem os links patrocinados funcionam praticamente no mesmo dia de criadas e configuradas as campanhas, já a busca orgânica demanda esforços de marketing interno e externo no site e demoram alguns meses para dar os primeiros resultados.

Por que não usarmos SEO (busca orgânica) e SEM (busca patrocinada) atrelados um ao outro e conforme as evoluções na busca orgânica forem aparecendo vamos reduzindo gradativamente o investimento nos links patrocinados. Depois de alguns meses não vamos mais precisar nos links patrocinados, pois o site já vai estar bem posicionado na primeira página para determinada palavra-chave. Entenderam a estratégia de marketing?

Mas se ainda sim o cliente quiser duplicar seus lucros ele consegue aparecer para a mesma palavra-chave tanto na busca orgânica como na busca paga, ou seja, ele aparece duas vezes nos resultados de pesquisa, dessa forma aumenta a chance de clique, pois estamos aparecendo tanto na busca orgânica como na patrocinada.

Porém a opção de investir nas duas opções fica a critério do cliente, o ideal é investir em ambos, mas investindo cerca de 70% do investimento na busca orgânica e os outros 30% na busca paga o cliente já tem excelentes resultados.

Por fim, ficam aqui as duas opções, o investimento somente na busca orgânica podemos chamar de consultoria SEO, já o investimento na busca paga podemos chamar de consultoria SEM.

Aprenda mais sobre o assunto com esse artigo sobre as diferenças entre SEO e SEM

Data de Publicação: 09/05/2014